Por onde ando...

Desde o ultimo post aqui no blog, nao parei... estive em 5 paises, 2 continentes, 6 casas diferentes, fiz 10 viagens de aviao e 2 de onibus e estive em 3 lugares que eu chamo de "minha casa"...
Tive despedidas, boas vindas, arrumei e desarrumei as malas, recebi e dei abracos de "tchau, vou sentir saudades" e de "oi, que bom te ver de novo"...

Explicando um pouquinho...

27 de maio - parti de Praga em direcao ao Brasil... deixando pra tras um ano de muito aprendizado e desafios na minha linda Praga, me despedindo das pessoas que, ha 1 ano atras eu nem imaginava que existiam e que hoje significam tanto pra mim...

Ainda 27 de maio - depois de conexao em Amsterdam, chego ao aeroporto de Guarulhos, Sao Paulo...

Primeira impressao: nossa, como e umido aqui!
E logo depois... tive dor de cabeca de tanto ouvir as pessoas falarem portugues!!! Como e estranho entender tudo o que os outros falam... eu nao preciso entender a conversa das pessoas aleatorias no aeroporto, nao quero saber da vida delas!!! :P

Quase meia-noite (no meu horario ja seriam quase 5 da manha), jet-lag, cansaco... cheguei em Porto Alegre! :) Abracao nos meus pais, falei em ingles com o cara que tava checando a minha bagagem... e fui pra casa... dormir na minha cama!

Estive em casa so por 5 dias, mas foi muito bom...
...bom dormir na minha cama
...bom comer comidinha de mae
...bom ver pessoas queridas
...bom me sentir amada :)
...bom lembrar de partes de mim mesma que eu tinha esquecido...

Bom tambem lembrar do quanto eu gosto de ser gaucha, de como e legal andar na rua e ver tanta gente tomando chimarrao (ate andando de roller no Gasometro!)
Bom tambem ser bem atendida nas lojas, pedir pra atendente trazer um numero maior de calca jeans pra tu provar - e ela trazer!
Bom ser entendida, bom as pessoas te olharem nos olhos e falarem contigo... bom os desconhecidos sorrirem pra ti na rua...

3 de junho - malas prontas de novo, embarquei rumo a minha nova casa: Budapeste!

4 horas de atraso em Porto Alegre, perdi o aviao pra Paris... embraquei no proximo e, com isso, cheguei 4 horas mais tarde do que o previsto em Budapeste... A companhia hungara perdeu as minhas malas e prometeu entregar no dia seguinte as 9h da manha (e eu precisava viajar as 8h da manha pra Noruega)... passei mais de 4hs em transporte publico entre ir do aeroporto pra casa, pro aeroporto de novo e de volta pra casa... so pra ter as minhas malas...

Nao vi Budapeste... fiz as malas e, as 7h da manha, tava no check in do aeroporto de novo... rumo a Bremen, na Alemanha

5 de junho - passei o dia em Bremen, so porque o voo pro Noruega - meu destino final - era so no outro dia

6 a 11 de junho - estive na Noruega, em uma conferencia da EFMD (Fundacao Europeia de Desenvolvimento de Gestores)

(Bremen e Noruega ficam para um capitulo a parte, ja que as duas cidades que visitei merecem um post a parte)

Na volta, mais um dia em Bremen... e, dia 12... finalmente cheguei de fato em Budapeste!

Primeira noticia que recebi quando cheguei: a partir de 30 de junho estou "homeless"... o apartamento onde supostamente eu moraria vai ser alugado pra outras pessoas... e eu preciso procurar apartamento!!! Em hungaro!!! :P

No dia seguinte, na sexta-feira, embarquei pra Praga... pra passar o fim de semana com o meu time e o time novo de la... pra nossa festa de transicao.

Cheguei em Praga a meia noite e fui "pra casa" :) Muito bom dormir no meu apartamento de novo... muito bom me sentir em casa...

E quando cheguei no local do evento de transicao e recebi tantos abracos de "Barbara! Que bom que tu veio!" me senti muito bem :)
Muito bom ver que valeu a pena... que conquistei amizades que vou levar comigo "na bagagem"...
E muito bom abracar muito de novo os guris do meu time (ja que as gurias ja tao espalhadas pelo mundo... Catar, Argentina e Holanda)... vou sentir saudade desses 6 companheiros de time!

A noite, ao redor da fogueira, conversando com o australiano que e o novo internacional da AIESEC Republica Tcheca (eles sempre tem 1 internacional por ano), eu disse pra ele:
"Em um ano, tu vai tar aqui, olhando pra essas caras ao redor do fogo... e essas pessoas vao ter tanto significado pra ti..." Ha um ano eles eram so rostos desconhecidos... e hoje eu sei que vou sentir saudade...

Domingo me despedi mais uma vez... e voltei pra Budapeste.

E desde segunda-feira estive em "flat-hunting" - ou cacando apartamentos...
Minhas primeiras palavras em hungaro nao foram "por favor" ou "bom dia" (essas eu ainda nao sei), mas kiado (aluguel) e ingatlan (imobiliaria)

Ontem finalmente encontrei o apartamento onde vou morar - junto com um colombiano e uma polonesa - nos proximos meses! :D
Ele e bem bonitinho... Sao todos bem vindos pra visita-lo ;)

Alem disso, estou em transicao - aprendendo tudo o que preciso pra comecar meu novo trabalho...

E de novo sou uma crianca de 2 anos... analfabeta e que nao consegue falar com as pessoas ao redor... o hungaro e muuuuuito diferente de qualquer outra lingua que eu conheco! (eu hein... sempre escolhendo paises de linguas bizarras pra morar :P)

Ja me perdi, ja peguei onibus errado, ja comprei comida salgada achando que era doce, ja tomei um baita banho de chuva enquanto procurava o numero 24 da rua Erzsebet pra visitar um apartamento, ja fiquei olhando com cara de bunda enquando o dono do apartamento que vou alugar e a mulher da imobiliaria conversavam em hungaro pra definir as clausulas do contrato...

E ja comi cereja, ja vi o parlamento a noite com todas as suas luzes, ja vi a lua refletida no Danubio, ja cruzei a ilha Margit, ja fui na Praca dos Herois e subi no monumento das 7 tribos que formaram a Hungria, ja andei pela rua Andrassy - patrimonio da humanidade...

Se julgar pelas primeiras semanas... esse vai ser um ano intensamente louco... :)
Aguardem novidades!

Comentários(4)

4 Response to "Por onde ando..."

  1. lucia, on junho 19, 2008 said:

    Bárbara! o mais importante desta tua nomade vida é ver que tu consegue criar tua casa em qualquer lugar. Foi muuuuuuuuuuto bom te ter aqui na nossa casa por alguns dias, este é teu ninho, aqui sempre tu vai ser amada, acolhida, e bem vinda.
    Gostei de te ajudar a escolher tua nova casa, eu heim, acho que ajudei, vou lá te visitar e fazer comidinha de mãe.
    Beijos querida.
    lulu

  2. Nanda Fernandes, on junho 20, 2008 said:

    Miiiiiga!!! Q saudades... tu veio aqui e eu nem te vi... quem sabe nos encontramos no Velho Continente daqui a alguns anos... bjs!!!

  3. Raphael Camargo, on junho 22, 2008 said:

    Viva novamente!!!
    Com tanto movimento tá perdoada de não ter dado notícias no blog no último mês.

    Beijo

  4. Gisele, on junho 26, 2008 said:

    Sempre que posso acompanho teus passos por aqui!
    Que orgulho de vc guria!!! =)
    Beijos enormes!!
    Gi (Curitiba-Sta Fe)