O que fazer em Salvador em 7 dias?

Ontem um amigo me perguntou o que fazer em Salvador em 2 dias e 2 noites... Comecei a escrever e percebi que poderia fazer um roteiro super completo pra quem vai visitar Salvador por 1 semana... Veja aí:

Roteiro diurno (ou "Programação Turística")

DIA 1:
O passeio turístico típico:


Pelourinho, Mercado Modelo, ver casinhas coloridas, tirar fotos, andar no Elevador Lacerda... 
Pra quem gosta de museus, tem vários! Pra quem gosta de igrejas, mais ainda! Vale a pena conhecer a igreja de São Francisco, toda revestida em ouro...
Pra quem gosta de compras e bugigangas, o Mercado Modelo é o lugar indicado!
No Terreiro de Jesus, tem o Bar do Cravinho, onde servem o cravinho (é uma cachaça com cravo, bem tipica do pelô).
Tome um sorvete na Cubana, a sorveteria que tem em cima do Elevador Lacerda... é otimo, tem várias frutas de lá... e a vista de cima do elevador é linda (cartão postal da cidade). Se puder, deixe pra estar aí na hora do por do sol... ele se põe na Baia de Todos os Santos e a paisagem é linda!

DIA 2:
Mais passeio turístico:

Comece o dia na Ribeira (um bairro bem antigo, na beira da praia, bem tradicional de Salvador)... Almoce lá (tem varios restaurantes com mesinhas nas ruas que servem comidas tipicas) e depois tome um sorvete na Sorveteria da Ribeira (a sorveteria mais antiga da cidade, com sabores deliciosos)

Depois, vá pra Igreja do Bonfim, amarre uma fitinha nas grades e faça seus 3 pedidos (se quiser comprar fitinhas pra dar de presente pras pessoas na volta da viagem, lá é o lugar!) - dá pra ir caminhando da Ribeira pra lá... é uma pernada, mas dá...
E da igreja, va (da pra caminhar tambem) até a Ponta de Humaitá... é uma ponta, na Baia de Todos os Santos, onde tem um forte, um farol... e um por do sol lindo (vale a pena ficar pra assistir)


DIA 3:
Praia, na cidade:


Comece o dia no Porto da Barra, praia de águas super transparentes, tranquilas e ótimas pra nadar!
(certifique-se de que NÃO é um sábado ou domingo, dias em que o Porto é super lotado!)
Caminhe até o Farol da Barra, passeie ao redor dele... entre no Museu Náutico e no Forte de Santo Antônio da Barra (o forte que tem ao redor do Farol)... agora parece que dá pra subir no farol e ver a vista lá de cima (nunca subi, mas deve ser legal)
Caminhe pela Praia da Barra, vá até o Cristo apreciar a vista de lá...
A Barra tem bares e restaurantes bem gostosos... Quando eu morava lá, tinha rodizio de camarão bem barato, no Jardim Brasil, no final da tarde.
Caso você queira uma praia ainda mais tranquila, frequentada por locais, mas um pessoal bem "de boa", vá para o Buracão, no Rio Vermelho... é uma prainha bem escondida (pra chegar, entre pela rua do Mc Donalds, suba... e depois desça para a praia). Ótima pra deitar na areia, curtir o barulho do mar, ler um livro... só cuidado ao entrar na água! O mar lá é traiçoeiro!
E termine o dia novamente no Farol da Barra, admirando o por do sol e aplaudindo, como fazem os locais!
Ahh, ali pertinho do farol, tem uma tigela de cupuaçu com morango que é uma delicia! (tipo tigela de açaí, só que de cupuaçu com morango...)

DIA 4:
Passe uma "tarde em Itapuã"


Entre no clima de Vinícius de Morais, pegue um ônibus que percorre toooooda a orla de Salvador (sente no lado direito, pra ir vendo cada praia) e vá até Itapuã!
A praia não é tão bonita, mas tem o famoso Farol de Itapuã e dá pra tomar banho...
Ali pertinho fica a praça do Vinícius, com uma estátua dele e várias de suas músicas e poesias...
E perto também, tem a Lagoa do Abaeté, lagoa de águas escuras, circundada de areia muito branca...

DIA 5:
Passe um dia em Itaparica:


Aquela faixa de terra que se vê do Porto da Barra é a Ilha de Itaparica, maior ilha da Baia de Todos os Santos - e local de casas de veraneio dos soteropolitanos.
Pra chegar lá: vá até o Mercado Modelo e pegue uma lancha do terminal marítimo que tem logo atrás do mercado. Custa em torno de R$ 4, sai a cada 30min e leva em torno de 30-40min a travessia. 
[Se for "inverno" e você sofre de enjôo no mar, não esqueça se dramim! A lancha pode balançar bastante]
Ao chegar, pegue uma kombi e peça pra descer no centro de Itaparica. Lá tem um centrinho com casinhas coloridas, um forte, uma bica (e dizem que "é agua fina, faz velha virar menina"), um calçadão a beira mar, um mercado pra comprar muitas frutas... e praia! Caminhe até a Ponta de Itaparica, curta a praia por lá e feche o dia com um lindo por do sol!
Pra voltar, como já vai ser tarde, pegue uma kombi até Bom Despacho e volte de ferry (as lanchas circulam só até as 17hs e o ferry até as 23hs). Único ponto negativo é que o terminal do ferry, em Salvador é mais fora de mão... pra turistas desavisados, recomendo um taxi pra voltar "pra casa".

DIA 6:
Passe um dia na Ilha de Maré:


Outra das ilhas da Baia de Todos os Santos, mais distante do centro, mas muito linda!
Para chegar: na estação da Lapa, pegue o ônibus para a Base Naval, em São Tomé de Paripe. De lá saem os barcos (a cada hora), que custam entre R$ 3,50 e R$ 5.
A Ilha de Maré não tem muita estrutura... somente alguns barzinhos na praia (pra tomar cerveja, comer um petisco)... Os barzinhos ficam em Itamoabo, mas não deixe de ir também (pela praia, na maré baixa) até a praia das Neves. Lá tem uma igrejinha linda... e a água azul clarinha, quente e transparente é super convidativa para um banho!
Lembre-se de voltar até as 17hs!! Depois não há barcos!

DIA 7:
Passe um dia na Praia do Forte:


Litoral norte da Baia, na Costa dos Coqueiros. Da rodoviária saem ônibus que levam em torno de 2hs...
É uma praia beeem turistica, cheia de lojinhas, restaurantes, um centrinho todo bonitinho... a praia é gostosa, com piscinas naturais pra ver peixinhos... e tem o Projeto Tamar (aquele das tartarugas marinhas).

DIA 8 (extra!):
Mais praia em Salvador:
Quer praia, não quer ir até o Litoral Norte, mas cansou da barulheira da Barra?
Vá passar o dia nas Praias do Flamengo! Longe do centro, mas perto do aeroporto (e tem um ônibus urbano, que sai do Campo Grande, passa por toda a orla e vai até lá), é uma praia mais tranquila - em termos de movimento, barulheira e bagunça... 
Lá tem algumas barracas, com uma ótima infraestrutura (desde almoço, mesinhas, chuveiros, até espreguiçadeiras na beira da praia)... pessoas bonitas, surfistas, familias... e o mar tem ondas mas dá pra tomar um banho divertido!

Roteiro Noturno (ou "Programação Cultural"):

Segunda-feira:
Saia para caminhar pela Barra... a orla à noite é linda! O Farol da Barra iluminado, pode ser mais bonito que durante o dia... e caminhe até o Porto da Barra... a praia lá à noite é bonita, tranquila (e dá até pra tomar banho!!)... ótima pra sentar na areia e tomar uma cervejinha...


Terça-feira:
Terça é para o candomblé, como o domingo para os católicos: o dia festivo, a "terça da benção". Então vá para o pelourinho!! Nas 3as o Pelô é cheio de atrações! 
Desde show gratuito do Gerônimo (que canta "É D'Oxum"), nas escadarias da Igreja do Passo, até o ensaio do Olodum, no largo Tereza Batista (por R$ 80)...



Quarta-feira:


Vá para o Rio Vermelho, sente em uma mesinha de plástico ao ar livre, no largo da Dinha. Peça um acarajé da baiana de acarajé mais famosa e tome uma cervejinha com os amigos!
Quer esticar a noite? Quando eu morava lá, nas 4as tinha um forrozinho bem gostoso ali pertinho, logo em frente à Dinha...

Quinta-feira:
Vá ao Teatro Vila Velha, no Campo Grande! Quintas-feiras é dia de "Vila da Música", sempre com alguma atração musical legal (sempre de acordo com a época do ano... em junho você vai ouvir forró, em julho - mês do rock - conhecerá bandas de rock baiano, etc)! E se for a última quinta-feira do mês, você deu sorte! E vai ter o prazer de presenciar o Encontro de Compositores!
E o Vila Velha fica dentro do Passeio Público... um lugar agradável, com muitas árvores



Sexta-feira:
Sexta é dia de comida baiana! Onde quer que você esteja, aproveite para almoçar comida baiana!
E no fim do dia, assista o por-do-sol no Porto da Barra (o sol se põe no mar) e depois aproveite a feirinha de comidas típicas e artesanatos que tem na beira da praia (em frente ao Instituto Mauá), ao ar livre... quando eu morava lá tocava forró ao vivo nessa feirinha também.


E como a feirinha acaba cedo (21-22hs), estique a noite no Rio Vermelho!
O Rio Vermelho é o bairro boêmio de Salvador e tem opção para todos os gostos... de samba a eletrônica, passando por reagge e forró!
O meu lugar preferido pra dançar lá era a Borracharia, que de dia é de fato uma borracharia, e à noite é uma balada! E toca música boa (não toca axé nem pagode!), é frequentado por gente bonita... e é muito fácil fazer amizade - as pessoas interagem bastante!

Sábado:


No fim da tarde, vá no MAM (Museu de Arte Moderna - Solar do Unhão), passeie pelo pátio das esculturas, assista o por do sol, conheça a antiga casa de engenho que hoje virou museu e fique lá para o JAM no MAM: uma jam session ao ar livre, que começa no por do sol e vai até umas 22hs... cerveja, gente interessante, musica boa, na beira do mar e ao ar livre...
Como lá também termina cedo (22h), pode esticar pro Rio Vermelho outra vez ;)

Domingo:
De manhã, vá ao Parque da Cidade curtir o "Musica no Parque", shows muito bons e gratuitos, às 11h da manhã (pontualmente), no parque... Consulte a programação, porque se não me engano, acontece de 15 em 15 dias...


E de noite, sugiro algo mais tranquilo (afinal, não casou ainda??): comer no rodizio de camarão na Barra, comer uma moqueca num barzinho na orla na praia da Barra... ou, se estiver em uma turma de amigos, fazer um luau no Porto da Barra - leve o violão, pandeiro - ou os instrumentos que preferir - e faça a festa! Ninguém reclama, a praia é iluminada e o mar é quentinho mesmo à noite!


Acho que com essas dicas dá pra ver um pouco de tudo em Salvador, conhecer bem a cidade, coisas turísticas e outras nem tanto... e, com certeza, dá pra se divertir muito!! :)

Boa diversão!!

PS: gostou das dicas? deixa um comentário aí!! ;)

Comentários(15)

15 Response to "O que fazer em Salvador em 7 dias?"

  1. Pablo, on junho 18, 2012 said:

    Barbara, parabéns pelas dias!

  2. Péricles Maia, on junho 19, 2012 said:

    É nessa pegada mesmo!!! Faltou o Espaço SESC do Rio Vermelho, toda sexta rola umas bandas legais no Bar São Jorge, além das peças teatrais.

  3. Telma Oliveira, on junho 19, 2012 said:

    Menina,

    Conhece mais Salvador do que os baianos!

    Amei, Barbara!

    Dicas ótimas, informações precisas!

    Valeu baiana do Sul!!!!!

  4. Bárbara, on junho 20, 2012 said:

    Obrigada, Pablo! :)

    Péricles: pois é, não consegui lembrar de tuuuudo... com certeza deixei várias coisas legais de fora ;)

    Telma!! Saudade!!! Obrigada, fico feliz que tu tenha gostado do meu roteiro ;)
    E sim, sou "baiucha", lembra? ;)

  5. André, on junho 20, 2012 said:

    Bassozinha!!!

    Legais suas dicas. Salvador tem muuuuuuuuuuuuuita coisa bacana. Ver o por do sol de vários pontos, pagando nada (Ponta do Humaitá, Solar do Unhão, Elevador Lacerda, Praça da Cruz Caída, Barra), comendo em boteco (Santo Antônio, Cruz do Pascoal) ou indo a restaurante chique (Marina).

    Mas uma coisa que eu gosto, mas a que as pessoas se esquecem de ir, é o Castelo Garcia d'Ávila lá em Praia do Forte, o maior feudo das Américas. Vale o passeio: http://www.fgd.org.br/o_castelo/index.html. Aqui está uma reconstrução 3D perfeita: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1207337

    Outra coisa que eu sempre recomendo aos amigos é tomar um café no: Museu Rodin, Costa Pinto, Geológico... Ou almoçar barato na Aliança Francesa!

    Após o Vila Velha, geralmente vou ao boteco Quintal.

    Em dia de sábado, recomendo almoço no Aconchego da Zuzu (Fazenda Garcia). Pra quem quer pagar mais caro, recomendo a melhor comida de Salvador, o Paraíso Tropical (no Cabula: http://batalhagourmet.blogspot.com.br/2011/04/restaurante-paraiso-tropical.html)

    Sobre a igreja de São Francisco, você pode dar um aperitivo: passeio 360º: http://www.onzeonze.com.br/blog360/toursaofrancisco/index.html

    Ah, passaria dias contando as coisas daqui, a igreja da Lapinha, que parece mesquita (só há 2 no Brasil), comer na Porteira (Dique do Tororó), ver uma lavagem, ir a Cachoeira, ilha dos frades, ver balé folclórico da bahia, neojibá, beatles social club...

    Beeeeeeeeeeeeeeeeeijo

  6. Dyana Alves, on janeiro 09, 2013 said:

    Oi Barbara! Muito bacana as dicas!!! Valeu!

  7. Cris, on janeiro 16, 2013 said:

    Muito obrigada!!!! Excelente post! Me ajudou muito!

  8. Gustavo, on janeiro 30, 2013 said:

    Dicas muito boas, irei em alguns lugares na qual ainda não tinha ido depois de consultar aqui! Parabéns!!

    P.S.: Fica só o registro de que algumas fotos estão com erro, não carregando.

  9. Bárbara, on janeiro 30, 2013 said:

    Dyana, Cris e Gustavo: que bom que gostaram das dicas!! espero que aproveitem Salvador tanto quanto eu!! ;)

    E Gustavo, obrigada por avisar sobre as fotos... vou ver se consigo arrumar...

  10. Bárbara, on fevereiro 06, 2013 said:

    Gustavo, arrumei as fotos! ;)

  11. Silvia, on março 17, 2014 said:

    Obrigada. Muito útil. Vlw!

  12. Viviane Peneluca, on maio 17, 2014 said:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  13. A Vida e Obra de @Luckmorais, on junho 21, 2014 said:

    Estou indo pra salvador em Agosto, mais algum dica de visitas???

  14. vivi rodrigues, on julho 27, 2014 said:

    Também estou indo pela primeira vez agora em Agosto, caso tenha alguma nova dica, principalmente de passeios será bem vinda. Parabéns ótimo post!!!!

  15. Anônimo, on dezembro 06, 2015 said:

    Bunitaaaa, parabéns!!!!

    Gostei muito do roteiro vou a SALVADOR em fevereiro.16 e pretendo seguir seu roteiro.
    Só fiquei um pouco inseguro em relação a conseguir tomar o onibus certo, porque você nao deixou detalhes ... como nome ou numero. Mas vou arriscar ... e com sorte acertar.

    Parabéns .... se puder acrescente este detalhes que com certeza irao enriquecer o roteiro.

    Obrigada, e beijao,