Que chique!


Nos dias que passei no Brasil, ouvi várias vezes “que chique” vindo de pessoas que exclamavam isso ao ouvir minhas histórias sobre meu trabalho e minhas viagens...
Tenho dois comentários a esse respeito:
1 - Viajar bastante pode ser muito interessante, legal... mas do jeito que eu viajo, definitivamente não é chique!!!
Adoro meu trabalho... adoro o fato de que eu trabalho com gente super variada de diversos países... adoro as viagens... conhecer pessoas novas, lugares novos... adoro tirar fotos, aprender palavras aleatórias em idiomas novos, comer comidas que eu não comeria em casa, sair em lugares diferentes...
Mas odeio ter que arrumar e desarrumar a mala cada semana, odeio as noites mal dormidas em trens e ônibus, odeio as roupas sujas cada vez que eu volto pra casa, odeio as empresas de avião que perdem e estragam minhas malas...
Contar os centavos, economizar a todo custo (nem que isso signifique viajar 3 dias até chegar ao destino final) pode ser desafiador... mas não é chique!
E as situações bizarras que passo por não entender o idioma, as vezes que ficam me mandando de um lado a outro e ninguém me dá a informação certa, o fato de que qualquer coisa estúpida que eu preciso fazer leva pelo menos o dobro do tempo que levaria no Brasil, simplesmente por eu não entender o idioma... tudo isso pode render boas histórias pra contar e dar risada depois... mas não é chique!
E não se engane... dormir em sofá, saco de dormir, chão, dividindo cama... cansa! Tenho saudades da minha cama muitas vezes!
E estar em um lugar novo, com tanta gente diferente... também significa que eu não conheço de verdade ninguém... aí quando dá vontade de sair, de simplesmente sentar pra conversar com alguém que eu conheço e me entende... não tem!!! Aí ou eu fico sozinha em casa, ou eu vou pra um bar aleatório e faço amigos novos (já tentei as duas opções... nenhuma delas é a mesma coisa que ligar pra um amigão de anos e dizer “vem aqui pra casa”)
Aliás, essa minha solidão dos últimos dias (meus companheiros de apartamento não estão em Budapeste, então passei a semana sozinha) tem me feito conversar um monte com estranhos... dos estudantes de intercâmbio que conheci em um bar em Praga, o guri que veio do meu lado no ônibus de Praga pra Budapeste (e eu puxei conversa perguntando se ele era hungaro, se morava em Budapeste, o que fazia, etc... nada de muito interessante) até a mulher que, no tram, veio conversar comigo em húngaro e eu fiz cara de quem entendeu e sorri pra ela... (acho que ela se deu conta de que eu não entendia coisa nenhuma, mas... :P)
E o comentário numero 2 é:
Ninguém parece estar feliz onde está... ninguém acha a sua cidade e seu país chique... Brasileiros: os europeus acham chiquérrimo o fato de termos árvores de BANANA na rua... nadar no Oceâno Atlântico, então... muito chique! Qualquer praia da Croácia (destino turístico comum dos europeus do leste) fica no chinelo se comparada com o Rio de Janeiro...
Pra eles, passear em castelos não é nada demais... as luzes das cidades, a ponte iluminada de noite, o Danúbio... nada diso é tão chique quanto ir ao Brasil, subir no Cristo, ver macacos :P... isso sim é que é exótico e... chique!!
Então não se iludam, meus amigos que acham que os países onde estou morando são chiques... os europeus acham vocês chiques! E, se ninguém tá feliz onde está, que tal propor uma troca de países por uns tempos? ;)
E aos que acham minhas viagens chiques... venham viajar comigo!! Tô querendo companhia mesmo!! J

Comentários(4)

4 Response to "Que chique!"

  1. Débora, on outubro 01, 2008 said:

    adorei!! certamente dormir embaixo do banco do trem, descer na estação errada e caminhar 1 hora na neve, viajar de trem sem calefação a -6 graus e trocar copos por euros pra pagar o fast food turco não é chique! E cansa, irrita e dá até vontade de voltar pra casa. Mas também dá uma saudades danada...
    qualquer dia a gente volta a compartilhar indiadas, chiques ou não! ;)
    bjão!

  2. Bárbara, on outubro 01, 2008 said:

    hahaha

    tu lembrou de varias coisas nao-chiques que fizemos :) adorei!

  3. Sérgio "Jota" Schüler, on outubro 02, 2008 said:

    eu vivo em uma zona choque de Oslo (uma das cidades mais caras demais pra caralho mesmo do universo).

    Definitivamente não tem nada de chique no meu pão-para-almoço-e-massa-com-molho-de-tomate-de-janta-todo-dia-style.

  4. Luna Ferolla, on outubro 12, 2008 said:

    oi bá!!
    lembrei desse post pq comentei com um vizinho que estava indo pra áfrica e ele fez o famoso comentário "que chique"

    :-)

    bjs